Polícia prende 2 suspeitos de cometer assaltos na região

quinta-feira, 9 de julho de 2009 |

A polícia prendeu na manhã desta quinta-feira(09) dois suspeitos de praticar diversos crimes na região. Segundo a polícia, José Ildo de Oliveira, 31 anos, e Moisés Gadelha da Silva, 24 anos, foram presos no centro de Carpina, quando policiais da Rocam os abordaram. Os criminosos estavam com dois revólveres calibre 38, além de vasta munição. Eles estariam numa moto preta e ainda segundo a polícia eles seriam responsáveis por assaltos a mercadinhos, lotéricas e transeuntes.

Os suspeitos foram encaminhados a cadeia de Lagoa do Carro.

2 comentários:

motoqueiro da esquina da serramoto disse...

falta umas fotos desses meliantes, sendo assim poderiamos fazer mais denúncias contra eles. esses dois foram frequentadores de uma boca de fumo que existe na rua padre rocha e que tem cobertura de alguem da policia e ou da justiça, pois apesar das denuncias nada foi apurado até hoje apesar desse ponto ter sido interditado pela justiça local por outras irregularidades como venda de bebida a menores e estudantes e constantes assaltos na rua.

Anônimo disse...

Policia...
Tenho muita dó dos policiais daqui, trabalha sem pneus, o carro não tem gasolina, os pneus carecas, a camionete de prender bandidos não tem tampa, não sei como isso aqui funciona, se bem que quando estava sendo assaltada, liguei pra delegacia e o cabo disse, não temos viatura, está quebrada, só se a senhora vir buscar os policiasi, kkkk ja pensou, eu sendo asaltada, como ia sair de casa, pra pegar policiais?? eles não tem culpa, a culpa é do estado, e do municipio, não custava nada o prefeito dar 4 pneus pra delegacia, tudo que entra novo lá e dado pelo povo, quando são chamados pelo Juiz de Direito, e pra não ser preso paga com PC. maquina fotográfica, o outras coisas mais, ainda bem que o Juiz, é bom senão seria pior a cituação da delegacia.Armas kkkk ninguem tem, pra prender alguem sem arma, só com porrete... Tadinho, e depois são muito mau remunerados, o governo não encherga o valor de um policial, não ver os perigos que eles enfrentam. Ui chega me dar desespero ver tantas coisas feias nesta cidade. Uma cidade com um clima tão bom, e entregue ao despreso.