Zona da Mata registra dois homicídios

terça-feira, 18 de agosto de 2009 |

Crimes praticados na Zona da Mata, no último final de semana, levaram o deputado Antônio Moraes (PSDB) a solicitar providências ao poder público. Ontem, na tribuna, o parlamentar comentou o assassinato do presidente da Comissão Provisória do PSDB, no município de Tracunhaém, Antônio Mendes. “A vítima tinha 31 anos e morreu no último dia 15, no momento em que estava trabalhando”, lamentou o parlamentar, pedindo que a Polícia Civil se empenhe, ainda mais, para elucidar o fato. Outra vítima foi o comerciante de Macaparana, conhecido por França.

“Conversei com o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Manoel Carneiro, para que sejam encontrados os culpados pelos delitos. É visível o crescimento do número de crimes nas cidades do Interior do Estado”, observou.

Em aparte, a presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Alepe, deputada Terezinha Nunes (PSDB), lamentou a morte do radialista José Dalvison Nogueira de Souza, 60 anos, anteontem. Ele saía de uma festa, no bairro de Sítio dos Pintos, por volta das 16h, quando, nas proximidades da Fábrica do Lafepe, no bairro de Dois Irmãos, foi abordado por dois homens numa moto e atingido com um tiro no ouvido. A Polícia trabalha com a suspeita de latrocínio.

“A violência no Interior do Estado é cada vez maior e a maioria dos crimes, cometida de forma cruel. A Polícia não pode permitir que a prática delituosa abale a tranquilidade da população pernambucana”, destacou Terezinha.

Informações do Diário Oficial da Alepe

0 comentários: