Artista Plástica pernambucana expõe em NY trabalhos baseados na cultura nordestina

sexta-feira, 12 de março de 2010 |

                  Coleção Nordestinados as Bonecas de Dona LiaA pequena casa da travessa José Pedro Filho, em Bezerros, no Agreste pernambucano, se distingue pelo colorido e pelo capricho nos objetos decorativos. Não existe luxo, mas as paredes pintadas num tom verde claro, o chão cuidadosamente encerado e limpo, os bibelôs e os vasinhos de flores de plástico revelam preocupação com a harmonia do local. O espaço é o que se convencionaria chamar de uma “casa de bonecas”.

Afinal, Severina Leonarda da Silva, ou Lia, a dona do recanto, é uma artesã que se destaca num ofício secular, detalhista, manual: a feitura de bonecas de pano, as antigas “bruxinhas” ou “calungas” de feira. Foi a realidade desse mundo mágico da bonequeira Lia, que a artista plástica Anna Guerra resolveu retratar em duas criações suas. Os quadros que retratam a arte das bonecas de pano, em homenagem a artesão de bezerros serão expostos em Nova York.

imagem" Estou feliz, por poder destacar ainda que de maneira pequena, o que os homens e mulheres do meu estado produzem apartir de sua própria realidade e ver que essa realidade e os seus belíssimos trabalhos, passam à ganham aplausos de outras culturas." Enfatiza Anna Guerra.

0 comentários: