Sérgio Guerra reconhece que não dá para ser coordenador de Serra e dele próprio ao mesmo tempo

terça-feira, 9 de março de 2010 |

Foto: José Cruz/ABr

Tá no JC de hoje (coluna de Ana Lúcia Andrade): o senador Sérgio Guerra chegou à conclusão de que não dá para coordenar a campanha dele e a de Serra ao mesmo tempo.


Textual do senador: “Minha eleição (para o Senado) tá complicada. A tarefa de presidente (do PSDB) demanda muito esforço e atenção, ter que falar com todos os estados, conflitos para resolver (e bota conflitos nisso). Isso me atrapalha muito”.

Pode ter sido a primeira sinalização de que o senador não quer ser o coordenador nacional da campanha de Serra como estava se cogitando. Mas caso aceite a coordenação, não deve ser candidato a senador e sim a deputado federal.

Mas aí tem outro problema: se não for candidato a senador, Jarbas Vasconcelos estará livre e desimpedido para dizer que não disputará o governo estadual.

0 comentários: