Pernambucano representa o Brasil nas Olimpíadas Internacionais de Física

quarta-feira, 19 de maio de 2010 |


Há quatro anos consecutivos o Colégio GGE classifica estudantes para a IphO

O aluno Filipe Rudrigues de Almeida Lira, 17 anos, do Colégio GGE, classificou-se para a International Physics Olympiads – IphO, que acontece entre os dia 17 e 25 de julho, na Croácia. Ele é o único estudante pernambucano que irá participar da competição. O estudante passou por uma verdadeira maratona de testes até garantir a classificação e representar o Brasil nas olimpíadas.
Este resultado é histórico para o Colégio GGE, única instituição de ensino no país a classificar alunos nos últimos quatro anos consecutivos para a IphO. Para o gestor do GGE, Ricardo Diniz, este resultado se dá pela preparação que o colégio realiza junto aos seus alunos, que formam as turmas olímpicas. “Além de oferecer uma base sólida no ensino fundamental e médio, trabalhamos as competências dos alunos, sempre incentivando e apoiando o seu potencial”, diz.
Para o estudante, participar das olimpíadas representando o Brasil e Pernambuco é uma experiência gratificante. “Me dediquei bastante desde o ano passado e minha expectativa é muito boa. Espero que dê tudo certo. Agora vou estudar questões das olimpíadas passadas e pesquisar novos exercícios até a realização das provas”, conta Filipe. O estudante cumpre uma programação de estudos com conteúdos específicos, já que as provas aplicadas na olimpíada são diferenciadas das habituais, com um nível de dificuldade maior.
A avaliação da IphO consiste de duas provas, uma experimental e outra teórica, com no mínimo um dia de intervalo entre elas. A prova teórica é composta de três problemas que abrangem pelo menos quatro matérias da física ensinada no ensino médio. Já a prova experimental é composta por um ou dois problemas. Cada prova tem duração de 5 horas.

O aluno Filipe Rudrigues já recebeu medalha de ouro, referente a sua participação nas Olimpíadas Brasileiras de Física (OBF) de 2009, durante encontro realizado na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e na Olimpíada Pernambucana de Química (OPEQ) deste ano. Em 2009 foi aprovado no vestibular da Academia da Força Aérea (AFA).
Conquistas – No ano passado, o aluno André Farias, abocanhou a medalha de prata na 40ª Olimpíada Internacional de Física – IPhO, que aconteceu em Mérida, no México. Assim, há quatro anos o Colégio GGE vem se destacando como a única instituição de ensino no país a classificar alunos para a IPhO.

0 comentários: