Assembleia homenageia centenário de nascimento de ex-prefeito de Surubim

Por iniciativa do deputado Antônio Moraes, do PSDB, foi realizada, nesta terça (dois de junho), reunião solene em homenagem ao centenário de nascimento do ex-vereador, ex-prefeito de Surubim e ex-parlamentar da Casa Joaquim Nabuco, Nelson Barbosa. Falecido em mil novecentos e noventa e oito, ele completaria cem anos no dia quatro de março deste ano.

Para Antônio Moraes, Barbosa contribuiu de forma decisiva para o progresso do município e de Pernambuco. O parlamentar afirmou que centenas de obras foram realizadas durante as duas administrações do ex-prefeito, que ficou notabilizado devido ao conhecimento sobre a cidade.

Para Moraes, a homenagem é justa em razão do trabalho desenvolvido em prol do Estado. O deputado ainda ressaltou que a reunião solene é uma oportunidade para as novas gerações conhecerem a vida e a atuação de Nelson Barbosa.

De acordo com a deputada Nadegi Queiroz, do PMN, que representou o presidente da Assembleia, Guilherme Uchoa, do PDT, Surubim tem um histórico de contribuição para o quadro político de Pernambuco, como Antônio Farias, Adalberto de Farias Cabral, e o ex-presidente da Casa Joaquim Nabuco, Geraldo Barbosa.

Entre as realizações de Nelson Barbosa apontadas por Nadegi, destaque para a inauguração do Mercado Público de Surubim, em mil novecentos e trinta e nove, além da realização da primeira Exposição Agropecuária do município, em mil novecentos e quarenta. A deputada também destacou que o ex-prefeito deixou para as gerações posteriores um exemplo de equilíbrio e responsabilidade na gestão de cargos públicos.

Segundo a filha de Nelson Barbosa, Nonete Barbosa Guerra, homenagens para personalidades políticas de outras décadas devem ser estimuladas, pois no País não existe o hábito de lembrar a importância de personagens do passado. Ainda durante a solenidade, Nonete recebeu o livro Perfil Parlamentar, que contém todo o histórico de Nelson Barbosa enquanto integrante da Casa Joaquim Nabuco.

Com informações da Alepe.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.