Sarney:''Não renuncio; não me chamo ACM nem Jáder''

sarney_caricaturaDesesperado, o discreto presidente do Senado está falando demasiadamente. Hoje, às 10:25, tomando café da manhã (?) com apenas dois amigos, o normal de antes era no minimo de 10 acompanhantes.

“Não vou renunciar, não me chamo ACM (Corleone) nem Jader Barbalho, que deixaram a Presidencia do Senado, pressionados”.

Estranharam, mas, logico, intimos, não comentaram: Sarney esqueceu de citar Renan calheiros entre os que RENUNCIARAM. Se hostilizar o senador das Alagoas, não se mantém no cargo. É o UNICO que o sustenta. Que republica!. (Exclusiva)

Hélio Fernandes - Tribuna da Imprensa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.