PROMATA participa da 5ª Semana dos Alimentos Orgânicos

De 25 a 31 de maio, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Zona da Mata (PROMATA) participa da 5ª Semana dos Alimentos Orgânicos, iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio do Comitê da Produção de Agricultura Orgânica - Pernambuco (CPOrg-PE). Sob o tema “Consuma alimentos orgânicos: o planeta agradece!”, o evento acontece no Fórum Rodolfo Aureliano (na Ilha de Joana Bezerra), a partir das 8h. Para a realização dessa edição, a CPOrg-PE contou com o apoio do Poder Judiciário, por meio do Comitê de Sustentabilidade do Tribunal de Justiça de Pernambuco. O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e o Centro de Abastecimento Alimentar de Pernambuco (CEASA/PE) também participam da Semana, além de organizações não governamentais.Com o objetivo de incentivar a população a consumir alimentos livres de agrotóxicos e fertilizantes químicos, a CPOrg–PE - Comissão que tem como base auxiliar nas ações necessárias para o desenvolvimento da produção de orgânicos em Pernambuco - promove a Semana de Alimentos Orgânicos desde 2005 em todas as capitais do Brasil. A intenção é, também, conscientizar os consumidores dos benefícios ambientais, sociais e nutricionais dos orgânicos. Na programação do evento, estão previstas palestras e cursos, visitas a produtores de orgânicos, feira de orgânicos e de produtos reciclados. O PROMATA participa da semana por meio do Polo de Orgânicos, projeto do Governo de Pernambuco executado em parceria com organizações sociais, que no dia 26 (terça-feira), a partir das 14h, realizará sua I Rodada de Negócios. De acordo com Sérgio Cruz, integrante do Polo, a Rodada de Negócios tem como meta auxiliar a comercialização e o escoamento da produção dos agricultores já cadastrados no projeto, além de familiarizar os produtores com a prática e a troca de experiências com os atuais e possíveis parceiros. “Nosso foco será a realização de parcerias. As mesas de negociações estarão mais destinadas à apresentação das diversas propostas e possibilidades que o Polo oferece a produtores e comerciantes”, esclarece. O evento começará com uma apresentação sobre o Polo de Orgânicos e um balanço das ações já realizadas. Em seguida, acontecerá uma roda de debates, seguida da formação das mesas de negociações.Polo de Orgânicos – O projeto é executado pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Planejamento e Gestão (SEPLAG/PROMATA), em parceria com quatro organizações em consórcio (Serviço de Tecnologia Alternativa – SERTA; Sociedade Nordestina de Ecologia – SNE; Fundação de Proteção à Saúde e Meio Ambiente – FUSAMA; e a Cooperativa de Produtores Familiares Orgânicos - ECOORGÂNICA), além da Associação de Orientação às Cooperativas do Nordeste - ASSOCENE e da certificadora CERTIVIDA. O objetivo é levar aos agricultores de 10 municípios da Zona da Mata Norte incentivo e atendimento técnico para a produção de orgânicos. Os agricultores cadastrados no projeto são conscientizados, impulsionados e estimulados a realizarem o plantio e a criação de animais livres de produtos químicos e/ou hormônios sintéticos. Como meta inicial, o Polo prevê o cadastramento de mil famílias da Zona da Mata de Pernambuco no período de um ano. Para a ação, o PROMATA já investiu mais de R$ 1 milhão. No total - com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia, Fundação Banco do Brasil e da Assocene – foi aportado R$ 2.897.000,00 em recursos para a ação.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.